Venha conhecer as melhores ideias para separar espaços na sua cassa. Dividir para conquistar, juntos mas não misturados, misturados mas não confusos … Estas frases famosas poderiam ser aplicadas aos truques para dividir espaços, sem ter que recorrer a uma parede. Uma separação não precisa ser traumática.

1 . Portas de correr

Eles ocupam a posição número um neste tipo de solução, porque são como partições móveis, que unem ou separam completamente um espaço do outro, com um simples gesto. Além de não deixar esquinas sem uso, as portas de correr são um recurso perfeito para criar espaços abertos que minimizam as áreas de passagem e permitem comunicar ou separar dois ambientes contíguos de acordo com a ocasião. Para isso, é melhor optar por portas duplas, que abrem aberturas amplas. De fato, além das medidas das portas convencionais, podem ser instaladas chapas grandes (até 3 m de largura), que se tornam verdadeiras divisórias móveis que deslizam através de guias embutidas no teto ou no chão.

2 . Paredes de vidro

O vidro fará com que dois ambientes estejam juntos e separados ao mesmo tempo. Tal paradoxo ocorre graças à transparência do vidro, que permite que a luz passe livremente, bem como à amplitude visual que ela acarreta. E, ao mesmo tempo, fecha com sutileza, assumindo um limite entre, por exemplo,quarto e sala de estar. Neste caso, uma estrutura de vidro com painéis brancos foi instalada para dar uma aparência mais acolhedora, mas igualmente brilhante.

3 . Prateleiras de separação

Com esta ideia, você obterá utilidade dupla. Por um lado, será uma partição que separará e distribuirá visualmente o espaço. Por outro, um módulo de armazenamento de chaves para ordem e organização. Se você não levá-lo para o teto, a luz fluirá mais livremente pela casa, não deixando cantos completamente escuros.

4 . Uma estante para livros muito prática

A funcionalidade deste recurso é dupla: é uma peça de mobiliário que separa áreas diferentes no mesmo ambiente e serve para armazenar livros e decorar. O que mais você pode perguntar? Se você escolher a mesma cor das paredes, ela ficará mais clara, enquanto se você escolher outro tom, ela se destacará como um elemento de separação.

5 . O sofá como fronteira

Se você quiser dividir a sala de estar com estilo, distinguindo a sala de jantar, use o sofá como uma linha divisória. Se você quiser reforçar o efeito, coloque um móvel baixo no encosto, com o qual você também ganhará espaço. Nem todos os sofás são válidos para criar esse efeito. Escolha um com as costas baixas e retas e por isso não será pesado.

6 . A cortina abre

As cortinas são elementos separadores leves que, em um dado momento, podem funcionar como elementos de divisão, especialmente em lofts e espaços abertos. O jogo decorativo oferecido por esta solução é muito flexível, pois você pode escolher tecidos leves e leves, como linho, para ar fresco, ou mais pesados ​​e cores elegantes, como veludo, para um efeito mais teatral.

7 . Uma ilha que separa e une

Se a cozinha e a sala de estar estão indefenidas e você quer distinguir ambos os ambientes, sem ser drástico, recorra a um bar, em uma ilha ou península, como esta. Será um lugar que pode ser usado por todos os lados e marcará os limites entre as áreas de trabalho e de vida. Além da separação, você conseguirá uma mesa onde poderá reunir familiares e amigos para refeições informais.

8 . Mudança de solos

O piso pode ser usado como útil para distinguir os ambientes dentro de um elemento espaço. A mudança no nível de material no solo pode enquadrar diferentes áreas, como no presente caso, com um tapete que traça a área de estar.

 

9 . Ripas verticais
Visíveis e invisíveis. Este é o efeito criado com a incursão deste tipo de ripas na distribuição de um espaço aberto. Este é um elemento fixo, muito mais leve do que uma parede, que ajuda a distribuir os passos e movimentos, sem ser um obstáculo para o ambiente arejado e iluminado.

10 . Móvel de entrada

Neste outro exemplo, podemos ver uma boa maneira de delimitar o hall de um andar, com um móvel e prateleiras. Neste caso, sendo branco, eles estão perfeitamente integrados ao ambiente.

11 . Um mobiliário baixo

Outro recurso para separar os espaços é colocar uma mobília baixa, que ofereça armazenamento e, ao mesmo tempo, signifique o início e o fim de uma área na mesma sala. Melhor deixar sua superfície clara para não saturar o ambiente e que suas frentes, tanto na frente quanto atrás, sejam tão neutras quanto possível, de modo que tenha duas faces iguais.

12 . Meias paredes

Outras chaves para separar ambientes sem ter que recorrer a paredes completas podem ser as paredes a meia altura. Além de dar autonomia aos espaços, sem abrir mão da luz, favorecem uma relação fluida entre os ambientes, algo que não aconteceria com uma parede.

13 .  Dividir espaços num quarto grande

Se o quarto for grande e você quiser distingui-lo do vestiário, coloque a cama no centro e faça a borda da cabeceira. Além disso, com este ato, você favorecerá uma circulação prática e fluida.

14 . Pintar uma área com uma cor diferente

A pintura também pode ajudá-lo a distinguir ambientes no mesmo espaço, de maneira sutil, mas eficaz. Se você pintar a parede uma outra cor, você estará marcando uma área graças à mudança de tonalidade. Num espaço reduzido, aumenta-o e define-o.
Como pode ver, separar  espaços sem obras, é possível. Agora pode delimitar as áreas na sua casa, com confiança.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top